"Missão é feita com os pés daqueles que vão, os joelhos daqueles que ficam e as mãos daqueles que doam."

domingo, 5 de abril de 2015

Nos adaptando ao nosso novo Lar...

     Você já ouviu falar sobre mudança radical?

     É bem isto que estamos vivendo aqui na Mongólia. Tudo é muito diferente! Já falamos um pouco pra vocês sobre o impacto de se relacionar com pessoas que tem uma língua completamente diferente da sua e como isto é assustador ( ainda mais quando você ainda está aprendendo o inglês que para nós é a língua de ligação com eles ).

    E há outras coisas também, como o clima por exemplo. Mesmo sendo do sul o máximo que experimentamos lá foi 0º. E agora passar por - 28º. Realmente não é fácil, parece que partes do seu corpo vai cair ( olha isto é muito forte, chega a doer ). E sabe o que é mais impressionante, antes eu acreditava que quando nevasse era o ápice do frio, mas, na verdade aqui na Mongólia para nevar a temperatura tem que estar mais amena, por volta de - 10º ou - 5º.

       Tivemos a oportunidade de ver, pegar, pisar, sentir a neve pela primeira vez aqui na Mongólia, foi emocionante. Isto aconteceu em uma sexta-feira, logo após o pôr-do-sol, saímos para rua somente para ver a neve ( bom, quem conhece outros lugares que nevam dizem que aqui é diferente, pois é uma neve seca, ela não é úmida, então não dá liga para se fazer bonecos ). 

         Mesmo assim foi muito legal!

Nossa primeira foto na neve.





      Outra grande diferença que encontramos aqui na Mongólia é a alimentação. Como o país é muito frio ( para ser bonzinho, aqui é congelante ), praticamente nada nasce ou cresce aqui durante os meses frios ( + ou - 8 meses ). Muita coisa vem de fora, principalmente frutas e vegetais. Agora que a população mongól está se adaptando a este tipo de alimentação, pois, aqui é muito comum o uso de carne e sopas nas refeições, principalmente carne de cabritos e bodes, há criações gigantescas no interior. Nós experimentamos  dois pratos típicos daqui, um deles é o Khuushur ( a massa é bem parecida com a nossa de pastel ) ele é uma massa frita feita de farinha e água recheada com carne e o outro é o Buzz, que também é uma massa só que não é frita ( ao meu entender é cozida na água ) e também recheada com carne. Eu gostei bastante dos dois pratos, são muito saborosos.

      Aqui também se bebe muito chá quente, incluse o chá tradicional aqui da Mongólia que é uma mistura de leite com chá e sal ( bom, eu como não gosto de leite, mesmo tendo nascido no sítio, para mim é bem complicado beber ), mas, é a bebida mais tomada no país.

        A medida que formos experimentando outras comidas locais vamos contando para vocês.

 O delícioso Khuushur
Comida típica Mongól - Buuz
      Presenciamos também em um Culto Especial na Igreja Central o Dia da Educação Adventista, foi lindo ver os alunos da única Escola Adventista no país fazendo uma apresentação tão linda. Ficamos emocionado ainda mais por saber que logo estaremos completamente envolvidos com eles, pois, auxiliaremos a Administração da Escola em nossa Missão.



      Algo que gosto muito e temos feito bastante é conhecer novas pessoas, socializando com os nossos irmãos mongóis, participando com eles de suas atividades ( tentando nos comunicar ). Em uma destas atividades com alguns jovens na casa de nosso Amigo Jason ( um voluntário Indiano que está aqui na Mongólia ) conhecemos uma das pioneiras do Adventismo aqui na Mongólia uma Americana chamada Kate, através do trabalho dela e do esposo foram colhidos os primeiros frutos no país, isto há mais de 20 anos.

Na casa de nosso Amigo Jason com os jovens da Igreja.
Kate pioneira do Advenstismo na Mongólia.
Terça-feira é dia de Basquete.
     Mas, uma das coisas que amo imensamente nas atividades da Igreja e que começo a participar aqui é o Clube de Desbravadores.

     Tive a oportunidade de participar de algumas reuniões e treinamentos e começar a ajudar com algumas atividades. Agora imaginem vocês eu falando em Mongól os Comandos para os Desbravadores... Não é nada fácil ( e eles riem muito de como falo... kkkkk ).

       Uma vez Desbravador, Desbravador para sempre!






     Continuem seguindo nosso Blog e acompanhando nossa Missão que logo, logo tem mais novidades.


"Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor e não para os homens."
Colossenses 3:23